Dicas para reduzir os gastos com água ao lavar louça

Economizar é sempre preciso. Por isso, é importante adotar boas atitudes na realização das nossas tarefa diárias, ao lavar louça, por exemplo.

Confira algumas dicas para ajudar você a economizar na realização desta tarefa doméstica diária.

Por que é importante reduzir o gasto de água ao lavar a louça?

A resposta para este questionamento é bem simples: ao reduzir os gastos de água lavando louças, você:

Economiza na conta de água no final de mês.
Leva vantagens ao meio ambiente ao não usar a água de forma desnecessária.
Cria uma rotina ao lavar a louça, o que facilita que você desempenhe esta tarefa com maior rapidez e sempre gaste menos.

Em termos gerais, estima-se que a cada 15 minutos que uma torneira fica aberta (até a metade), nós desperdiçamos cerca de 117 litros de água. Para se ter uma ideia de como este número é alto, basta verificar a quantidade de água que a ONU recomenda que seja utilizada diariamente, que é de 110 litros de água por pessoa.

Passo a passo para reduzir o gasto de água ao lavar a louça

Para ajudar a quem deseja reduzir os gastos e promover economia de água no momento de lavar a louça, é essencial que você siga o passo a passo elaborado por nós. Confira a seguir como isso pode ser feito de forma rápida e fácil.

Passo 1: limpeza prévia

A primeira etapa da lavagem de louça é a limpeza prévia dos seus utensílios de cozinha. Esta etapa serve para retirar os restos de comida que estão grudados no prato. O ideal é que isso seja feito com uma esponja seca.

Passo 2: divida a louça da cozinha na ordem correta

Organize as louças que você vai lavar para tornar o processo mais fácil, rápido e também para diminuir os gastos com água.

Para isso, sempre separe copos e taças para serem ensaboados primeiros. Depois, passe para os talheres e, por fim, limpe os pratos e utensílios com maior quantidade de gordura.

Esta ordem é necessária para que você evite que os utensílios com maior quantidade de gordura sujem os que possuem menos gordura. Isso evita enxagues desnecessários.

Passo 3: ensaboe tudo

Está com toda a louça dividida corretamente? Então agora é o momento de ensaboar tudo, seguindo a ordem estipulada no passo anterior. Use sempre produtos de limpeza de qualidade que não agridam o meio ambiente e nem a sua saúde.

Passo 4: reaproveite a água

No momento do enxague é necessário que você siga a mesma sequência que você definiu para ensaboar a louça. Neste momento, vale a pena reaproveitar.

A água que foi utilizada no enxague dos copos pode ser usada, por exemplo, para auxiliar no enxague dos talheres. O foco é evitar gastos desnecessários.

A quantidade adequada de água é apenas um filete de água. Você não precisa abrir a torneira totalmente.

Passo 5: se necessário, use água quente

A água quente ajuda a retirar a gordura dos utensílios de cozinha. Por isso, esquentar uma pequena quantidade de água pode te ajudar a economizar tanto a água quanto o detergente a ser utilizado.

Algumas torneiras oferecem a opção de água aquecida, o que facilita bastante este processo.

Passo 6: limpando a pia

O último passo é a limpeza da pia. Neste momento, procure aproveitar a água do enxague para realizar esta tarefa. Desta forma, você reduz os gastos com água durante a lavagem de louça.

Para finalizar, utilize um pano seco que não precise de enxague.

Os redutores de vazão

Além desse passo a passo, há tecnologias específicas que também podem ajudar a promover economia de água ao lavar louça.

A mais conhecida é o chamado redutor de vazão. Trata-se de um pequeno dispositivo no formato de um anel usado pra controlar a saída de água em torneiras.

A instalação é tão simples que não é preciso nem de um encanador para isso. Basta que você desligue o registro geral, desenrosque a torneira, posicione o anel entre o cano e a torneira e rosqueie novamente.

O redutor de vazão reduz o volume de água que sai da torneira para 6 ou 14 litros por minuto e não é um utensílio caro. Vale a pena fazer uma pesquisa e apostar nessa solução para reduzir o consumo de água.

Coloque essas dicas em prática, reduza seus gastos com água e ajude a natureza.

By | 2018-12-11T15:41:43-02:00 dezembro 11th, 2018|Economia de água em Residências|